Ato na UBS IAPI defende a saúde pública com presença da comunidade, parlamentares e entidades

Ato em defesa da UBS do IAPI. Foto: Mariana Mattos/ Simpa Divulgação

 

Dando continuidade à luta contra a entrega da saúde pública à iniciativa privada, por parte do governo Melo, Simpa, Cores Saúde, Conselho Municipal de Saúde (CMS) e comunidade realizaram um ato público, ontem (23/6), em frente ao Centro de Saúde do bairro IAPI, com a participação também de parlamentares. A Unidade Básica de Saúde (UBS) do posto está na lista dos equipamentos que serão terceirizados.

 

Ato em defesa da UBS do IAPI. Foto: Mariana Mattos/ Simpa Divulgação

 

O ato faz parte de uma série de manifestações feitas em diversos equipamentos de saúde de Porto Alegre, procurando denunciar os prejuízos que as terceirizações, parceirizações e privatizações causam ao atendimento e aos trabalhadores e pressionar a prefeitura a recuar da iniciativa. Os manifestantes denunciam que as terceirizações pioram o atendimento à população e que o SUS deve ser totalmente público e estatal.

 

Ato em defesa da UBS do IAPI. Foto: Mariana Mattos/ Simpa Divulgação

 

Além dos atos nas UBSs, as entidades protocolaram, na terça-feira (21), um recurso junto a uma ação do MP, já existente no Tribunal de Justiça (TJ-RS), provocada pelo Simpa e CMS,  contra as terceirizações. O recurso aponta que o caráter complementar das terceirizações tem se tornado a norma na gestão Melo, avançando em 87% das unidades da rede municipal.

 

Ato em defesa da UBS do IAPI. Foto: Mariana Mattos/ Simpa Divulgação

 

Ainda uma reunião com o secretário municipal de Saúde, Mauro Sparta, foi realizada na tarde de ontem, onde as representações denunciaram o desrespeito com que mais de 200 servidores e servidoras estão sendo tratados pela prefeitura de Porto Alegre durante o processo de relotação nas unidades básicas de saúde e pediram providências.

 

ACESSE GALERIA COMPLETA DE FOTOS:

 

Leia também:

Simpa, CMS, Cores Saúde, Aserghc e CMD pedem providências contra terceirizações em reunião com secretário de Saúde

Protesto na Secretaria da Saúde exige fim das terceirizações

Leia a carta aberta contra as terceirizações na Saúde!

Mais notícias

Vereadores da base do governo Melo votam pelo desmonte da participação popular na Educação

O prefeito Sebastião Melo (MDB) conseguiu aprovar, através de 22…

Simpa chama mobilização urgente em defesa do Conselho Municipal de Saúde

Todos na Câmara para pressionar contra a votação do PLC…

Após análise jurídica, Simpa solicita reunião com o governo para tratar do Decreto 21.569

Diante do Decreto 21.569, de julho de 2022, que institui…

AGENDA

TV SIMPA