Simpa move ação para barrar publicidade enganosa de Marchezan

IMG-20191231-WA0036

A direção do Simpa ingressou, na manhã dessa terça-feira (31), com ação popular no Tribunal de Justiça do RS para suspender a propaganda irregular e enganosa de Marchezan. Após atrasar o 13º salário dos servidores, pagando juros ao banco e alegando que a Prefeitura não tem condições de honrar com direito dos trabalhadores, o prefeito iniciou campanha publicitária milionária na TV, rádio, jornais e espaços de mídia.

Conforme publicado no Diário Oficial de Porto Alegre (Dopa) do dia 13 de dezembro, o contrato de publicidade é de R$ 34.935.000,00, um valor superior à previsão de arrecadação do município com o aumento do valor do IPTU.

 

O gasto em publicidade é 445% maior do que o gasto em propaganda efetivado em 2018.

Em escancarada propaganda eleitoral antecipada, as peças de mídia estão sendo veiculada em todo o país e não cumprem com o caráter informativo de interesse público de Porto Alegre.

Mais notícias

AGENDA

jan
20
seg
18:30 PLENÁRIA DA EDUCAÇÃO @Simpa
PLENÁRIA DA EDUCAÇÃO @Simpa
jan 20@18:30
PLENÁRIA DA EDUCAÇÃO @ Simpa | Rio Grande do Sul | Brasil
PLENÁRIA DA EDUCAÇÃO: Dia 20/01 – segunda-feira, às 18h30, no Simpa PAUTA: Posse das direções eleitas Férias A Direção do Simpa convoca colegas, integrantes dos conselhos escolares, direções das escolas, direções eleitas e a comunidade[...]

SIMPA TV

ASSISTÊNCIA JURÍDICA

COMBATE AO ASSÉDIO