Luta dos municipários de Porto Alegre está na pauta da Greve Geral

A Reforma da Previdência é um ataque aos direitos de toda a classe trabalhadora. Os servidores públicos também são prejudicados porque a PEC 06, que altera as regra da aposentadoria, impõe a adequação dos Regimes Próprios de Previdência de estados e municípios. Em assembleia geral, os municipários de Porto Alegre aderiram à Greve Geral do dia 14 de junho, convocada pelas Centrais Sindicais, contra a Reforma e também contra o arrocho salarial, imposto pelo prefeito Marchezan.

 

A categoria está há três anos sem o reajuste da inflação nos salários, acumulando um percentual de 12,61% de defasagem, além das perdas históricas de 8,85%. Há dois anos o 13º é parcelado e por diversos meses a remuneração mensal foi paga em parcelas, causando prejuízos aos servidores.

 

O desmonte do serviço público que atende à população e a retirada dos direitos dos trabalhadores, levando os brasileiros à situação de miséria, é o mote dos governos de extrema direita no Brasil.

 

 

LEGALIDADE DA GREVE

Após a decisão da assembleia dos municipários do dia 06 de junho, pela adesão à Greve Geral, a direção do Simpa protocolou ofício ao prefeito, no dia 07, informando o período do movimento paredista e sua motivação. No dia 10 foi publicado, no Correio do Povo, comunicado à população de Porto Alegre, conforme previsto na legislação.  As medidas visam garantir que o registro do ponto seja considerado Falta Greve, não acarretando prejuízos à carreira. A decisão final, no entanto, cabe à Justiça.

 

PROGRAMAÇÃO DOS MUNICIPÁRIOS:

15h – Concentração em frente ao Instituto de Educação

16h – Caminhada até a FACED

Montagem da banca do Simpa, no Paço Municipal

17h30 – Concentração na Prefeitura Municipal

18h –  Concentração Unificada, na Esquina Democrática

Mais notícias

Categoria municipária de Porto Alegre mobiliza data-base 2020 em tempos de pandemia

A reunião online do Cores Simpa, realizada no final da…

Educação discute sua mobilização: Em defesa dos direitos dos trabalhadores e das comunidades

SIMPA e ATEMPA organizam #PlenáriaDaEDUCAÇÃO (on-line), no dia 1º/6, às…

Simpa cobra do secretário de Saúde o fornecimento de EPIs, testagem para servidores e nomeação de concursados

A direção do Simpa, por meio do diretor geral, João…

AGENDA

jun
1
seg
16:00 Plenária da Educação online
Plenária da Educação online
jun 1@16:00 – 17:00
Plenária da Educação online
ATEMPA e SIMPA organizam #PlenáriaDaEDUCAÇÃO (on-line), no dia 1º/6, às 16h, para debater as condições de trabalho e formular a pauta de reivindicações específica das/os trabalhadoras/es em educação na Data-base 2020 da categoria municipária de[...]

AÇÕES JURÍDICAS

SIMPA TV

ASSISTÊNCIA JURÍDICA

COMBATE AO ASSÉDIO