Simpa repudia edição do Jornal Nacional que atacou os servidores públicos

Na última segunda-feira (10/8), o Jornal Nacional, da Rede Globo de Televisão, exibiu notícia com nítido objetivo de atacar o funcionalismo público do Brasil e apoiar a Reforma Administrativa proposta pelo governo Bolsonaro. A reforma apresentada pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, prevê mais arrochos para os trabalhadores, com retirada de direitos dos servidores públicos federais, estaduais e municipais.

 

Apoiada por diversos setores da economia neoliberal, a reforma quer diminuir cargos e servidores, aumentar as contratações temporárias, acabar com gratificações, promoções, adicionais por tempo de serviço e, até mesmo, o fim da estabilidade no emprego. Uma série de ataques que os municipários e municipárias conhecem bem, afinal, Marchezan Jr. já promoveu esta pequena reforma no município de Porto Alegre, ao aprovar projetos de lei nesta mesma linha de acabar com o Estado.

 

Não é surpresa que a Rede Globo, aliada de Guedes e do capital financeiro, promova uma notícia deste tipo, com fontes de informação localizadas em um estudo do privatista Instituto Millenium e dados do FMI (Fundo Monetário Internacional).

 

O Simpa repudia esta notícia e toda a ação golpista da mídia. O gasto com funcionalismo é também com saúde, segurança, assistência social, limpeza urbana, educação, lazer, esportes. Acabar com os servidores públicos, é acabar com todos estes serviços que beneficiam a população.

 

Nesse momento, são os profissionais do SUS que estão agindo na linha de frente da Covid-19, salvando vidas e arriscando suas próprias vidas, enquanto o presidente nem ministro da Saúde empossa.

 

Não esquecemos que o Jornal Nacional, por meio da Rede Globo, o Instituto Millenium e Bolsonaro apoiaram a Emenda Constitucional 95, que congelou os gastos públicos por 20 anos! Por trás desta notícia do JN e da reforma de Guedes, está a verdade: o avanço do projeto neoliberal privatista do Brasil.

 

Veja a matéria do JN:

 

Mais notícias

Comitê Popular Estadual de Acompanhamento da Crise Educacional no RS aponta desigualdade como um dos elementos de piora da exclusão educacional na pandemia

O relatório geral da pesquisa “A Educação na Pandemia do…

Simpa deflagra ESTADO DE GREVE na Educação

Categoria terá nova assembleia geral dia 30/9   A Assembleia…

Servidores aprovam realização de assembleia geral extraordinária dia 25/09

A reunião ampliada do Cores Educação, ocorrida na noite desta…

AGENDA

set
30
qua
11:00 Ato Unificado em Defesa da Vida,... @HPS - Hospital de Pronto Socorro de Porto Alegre
Ato Unificado em Defesa da Vida,... @HPS - Hospital de Pronto Socorro de Porto Alegre
set 30@11:00
Ato Unificado em Defesa da Vida, da Educação e da Segurança @ HPS - Hospital de Pronto Socorro de Porto Alegre | Rio Grande do Sul | Brasil
Não podemos deixar que Bolsonaro acabe com os serviços públicos prestados à população. Novamente, o presidente atua para prejudicar quem mais precisa, para atacar os servidores e para entregar os serviços à iniciativa privada. Sem[...]

SIMPA TV

AÇÕES JURÍDICAS

ASSISTÊNCIA JURÍDICA

COMBATE AO ASSÉDIO