Simpa participará do 15M – greve nacional da educação

Uma ampla mobilização em defesa da educação brasileira está sendo chamada por estudantes, professores e movimentos sociais e sindicais para o dia 15 de maio, quando acontecerá a Greve Nacional da Educação, uma reação aos ataques e ao desmonte da área promovidos por Bolsonaro. Recentemente, foi anunciado o corte de 30% das verbas destinadas às universidades e institutos federais e de R$ 914 milhões para a educação básica. O contingenciamento total do MEC será ampliado para R$ 7,4 bilhões.

 

O movimento também ganhará contornos locais conforme a realidade de cada estado e município. Em Porto Alegre, os servidores vão denunciar o abandono da educação pela gestão Marchezan, que se traduz, por exemplo, na violência dentro e fora da escola – entre alunos, contra os trabalhadores, pela falta da Guarda Municipal e pela precarização da rede de atenção, que envolve saúde, educação e assistência social –; no desmonte da estrutura da rede municipal e na falta de recursos humanos e de projeto pedagógico.

 

Outro ponto importante é a denúncia das parcerias público-privadas (PPPs) na educação, que avançam por meio da terceirização da ação pedagógica e da avaliação externa dos profissionais da rede, uma forma de Marchezan transferir o ensino fundamental para a iniciativa privada com a desculpa de, assim, poder atender a educação infantil. O movimento também é contra a suspensão das matrículas do ensino médio e técnico da rede municipal e reivindica mais diálogo nas decisões tomadas pelo município.

 

MOBILIZAÇÃO

A plenária da Atempa, no dia 10/5, contou com mais de 20 escolas presentes, onde cada uma apresentou suas impressões e propostas de ações locais e disposição de participação das atividades unificadas. O Simpa vai se somar as agendas da educação municipal.

 

Pela manhã, as escolas produzirão atividades locais ou na região, panfletagem na entrada, intervalos e final dos turnos na frente da escola e paradas de ônibus próximas; aulas públicas com alunos e comunidade; caminhada no final dos turnos pelo entorno da comunidade com cartazes; produção de um material mais reduzido para distribuir às comunidades.

 

De tarde, participação das ações unificadas com início às 14h no Instituto de Educação Flores da Cunha e Faced, com caminhada pela UFSCPA, IFRS, INSS até a Esquina Democrática. Ato de encerramento, às 18h.

 

 

Mais notícias

AGENDA

jun
1
sáb
09:00 Formação Política “Como Funciona... @Simpa
Formação Política “Como Funciona... @Simpa
jun 1@09:00 – 18:00
Formação Política “Como Funciona a Sociedade” @ Simpa | Rio Grande do Sul | Brasil
  O Simpa está apoiando a iniciativa do Núcleo de Educação Popular (NEP) 13 de maio, que desenvolveu o curso “Como Funciona a Sociedade”. Para quem acompanhou as últimas mobilizações dos trabalhadores municipários e experimentou[...]
jun
2
dom
09:00 Formação Política “Como Funciona... @Simpa
Formação Política “Como Funciona... @Simpa
jun 2@09:00 – 18:00
Formação Política “Como Funciona a Sociedade” @ Simpa | Rio Grande do Sul | Brasil
  O Simpa está apoiando a iniciativa do Núcleo de Educação Popular (NEP) 13 de maio, que desenvolveu o curso “Como Funciona a Sociedade”. Para quem acompanhou as últimas mobilizações dos trabalhadores municipários e experimentou[...]

SIMPA TV

ASSISTÊNCIA JURÍDICA

COMBATE AO ASSÉDIO