Simpa expressa seu apoio à Associação Mães e Pais pela Democracia e ao Cpers por vitória na Justiça

slider 2021 15

O Simpa parabeniza e expressa seu apoio irrestrito à Associação Mães e Pais pela Democracia e ao Cpers pela ação que resultou em decisão da Justiça — confirmada nesta quarta-feira, 03/03, pelo TJ-RS — que suspendeu as aulas presenciais nas escolas públicas e privadas do Rio Grande do Sul enquanto estiver vigente a bandeira preta do sistema de distanciamento controlado estabelecido pelo governo do estado.

 

A atitude das duas entidades soma-se ao esforço do Simpa — que, na semana passada obteve a mesma vitória jurídica no âmbito das escolas municipais de Porto Alegre — no sentido de defender a vida e a saúde acima de qualquer outra necessidade humana ou interesse econômico.

 

As decisões tomadas pela Justiça corroboram essa necessidade, criam anteparos   e protegem a população frente à falta de sensibilidade e à irresponsabilidade dos governos locais de Eduardo Leite e Sebastião Melo que insistem em querer manter em funcionamento serviços que, claramente, não devem funcionar num momento de agravamento da pandemia, sob pena de pôr em risco a vida de milhares de pessoas. A suspensão das atividades presenciais também é uma maneira de contribuir para evitar aumento ainda maior da sobrecarga dos profissionais de saúde num sistema já colapsado.

 

As notícias mais recentes sobre o agravamento da pandemia no estado e na capital — bem como no Brasil — não deixam dúvida da urgência do isolamento social, da suspensão de atividades não essenciais e mesmo de lockdown imediato — defendidos pelo Simpa — como forma de frear o ritmo de contaminação, internação e de mortes. No caso das escolas, já é de amplo conhecimento que 18 instituições da Rede Municipal de Ensino (atualização 08/3 13h) tiveram de entrar em quarentena pelo fato de registrarem casos de contaminação, o que demonstra que neste momento não há medida sanitária capaz de proteger, de fato, a saúde no ambiente escolar neste momento.

 

A mobilização da população, das entidades sindicais, da sociedade civil, dos movimentos sociais e partidos políticos é fundamental para fazer frente à ação de governos que minimizam a gravidade da pandemia, jogando com a vida da própria população.

 

Escolas fechadas, em quarentena por registro de contágio da CoVID-19:

  1. EMEI da Vila Floresta
  2. EMEI Paulo Freire
  3. EMEI Maria Helena Cavalheiro Gusmão
  4. EMEI Ilha da Pintada
  5. EMEI Jardim Bento Gonçalves
  6. EMEI Patinho feio
  7. EMEI Dom Luiz de Nadal
  8. EMEI Nova Gleba
  9. EMEF Vila Monte Cristo
  10. EMEI Vila Tronco
  11. EMEI do Bairro Cavalhada
  12. EMEI Osmar dos Santos Freitas “Marzico”
  13. EMEF São Pedro
  14. EMEF José Loureiro da Silva
  15. EMEF Gabriel Obino
  16. EMEF Professora Judith Macedo de Araújo
  17. EMEF Saint Hilaire
  18. EMEF Professor Gilberto Jorge Gonçalves da Silva

Mais notícias

SIMPA TV

AÇÕES JURÍDICAS

ASSISTÊNCIA JURÍDICA

COMBATE AO ASSÉDIO