Simpa e Atempa participam de ato em repúdio à violência nas escolas

O Simpa e a Atempa estiveram, na manhã desta quinta-feira, 01/11, na EMEF Grande Oriente, participando de manifestação organizada pela comunidade escolar com o objetivo de denunciar a violência nas escolas e pedir providências à Smed no sentido de garantir segurança a professores e alunos e promover ambientes mais pacíficos, essenciais à prática educacional.

O caso da professora agredida ontem na escola é o segundo em apenas uma semana a ocorrer em Porto Alegre — no dia 24, caso semelhante aconteceu na EMEF Afonso Guerreiro. As ocorrências e o pouco tempo que as separam demonstram a gravidade da situação. Muitas escolas, inclusive a Grande Oriente, não contam mais com equipe da Guarda Municipal. Além disso, é preciso que haja ações concretas, por parte do poder público municipal, que coíbam tais ações e ajudem a trazer a paz de volta às salas de aula.

O Simpa e a Atempa lamentam profundamente tais episódios e têm se empenhado no sentido de dar suporte aos professores e de buscar saídas para a violência nas escolas.

Mais notícias

Conferência defende luta popular pela democracia, pela saúde e pelo SUS

  Com o tema “Democracia e Saúde”, foi…

Confira os horários de atendimentos do plantão jurídico

                   

Marchezan utiliza medida de Bolsonaro para continuar ataques ao Simpa

Com o objetivo de aniquilar financeiramente os sindicatos combativos e…