Nota do Simpa: Reabertura do comércio é imprudente e coloca vidas em risco

O prefeito Nelson Marchezan Jr. está dando mais um passo temerário que pode resultar no aumento da disseminação do coronavírus e dos óbitos por Covid-19 em Porto Alegre com o decreto que libera a reabertura de estabelecimentos comerciais.

 

O Simpa rechaça a medida uma vez que no Brasil, e também na capital gaúcha, os casos de da doença seguem em trajetória ascendente. Conforme foi noticiado nesta semana, Porto Alegre tem a terceira menor incidência de Covid-19 entre as capitais. Porém, o crescimento diário de casos saiu de 1,1% há quinze dias para 2,2% na última semana. Num cenário como este, o relaxamento das medidas de isolamento social e de restrição ao comércio vão contribuir para disseminar ainda mais o vírus, colocando em risco a vida da população e dos servidores públicos da saúde e dos serviços essenciais.

 

O Sindicato também alerta que não é possível contar com “o bom senso de todos”, como chegou a declarar Marchezan à imprensa. Numa sociedade em que o lucro tem sido colocado terrivelmente acima da vida com a concordância e o estímulo do governo Bolsonaro — que incentiva o fim do isolamento, minimiza a pandemia e zomba da morte —, contar com a sensatez do empresariado é não apenas arriscado, mas também imprudente. Ainda que a medida possa ser revista se os casos aumentarem, como sinalizou a gestão Marchezan, não é possível retroceder quando o preço a se pagar é a saúde e a vida das pessoas.

 

Além disso, o Sindicato cobra da Prefeitura a divulgação do mapeamento dos casos de coronavírus por região da cidade, medida fundamental, dentro dos parâmetros da epidemiologia, para que possam ser planejadas ações mais efetivas em consonância com a realidade de cada local. Essas informações devem estar ao alcance da sociedade e dos servidores que lidam diariamente com o enfrentamento da pandemia.

 

A retomada da normalidade prematura e o descompromisso com a saúde da maioria da população atende apenas os interesses do mercado e vai contra as orientações da OMS e de cientistas de todo o mundo que defendem o isolamento social como a única arma confiável e disponível, até este momento, para barrar o crescimento da doença e o colapso do sistema de saúde. É papel do poder público orientar a população e tomar medidas efetivas em defesa da vida, da saúde das pessoas. Por isso, pelo bem do teu povo, prefeito, não relaxe as medidas restritivas.

 

A Direção do Simpa

Mais notícias

Comitê Popular Estadual de Acompanhamento da Crise Educacional no RS aponta desigualdade como um dos elementos de piora da exclusão educacional na pandemia

O relatório geral da pesquisa “A Educação na Pandemia do…

Simpa deflagra ESTADO DE GREVE na Educação

Categoria terá nova assembleia geral dia 30/9   A Assembleia…

Servidores aprovam realização de assembleia geral extraordinária dia 25/09

A reunião ampliada do Cores Educação, ocorrida na noite desta…

AGENDA

set
30
qua
11:00 Ato Unificado em Defesa da Vida,... @HPS - Hospital de Pronto Socorro de Porto Alegre
Ato Unificado em Defesa da Vida,... @HPS - Hospital de Pronto Socorro de Porto Alegre
set 30@11:00
Ato Unificado em Defesa da Vida, da Educação e da Segurança @ HPS - Hospital de Pronto Socorro de Porto Alegre | Rio Grande do Sul | Brasil
Não podemos deixar que Bolsonaro acabe com os serviços públicos prestados à população. Novamente, o presidente atua para prejudicar quem mais precisa, para atacar os servidores e para entregar os serviços à iniciativa privada. Sem[...]

SIMPA TV

AÇÕES JURÍDICAS

ASSISTÊNCIA JURÍDICA

COMBATE AO ASSÉDIO