Municipários decidem entrar em greve a partir do dia 18

<a href="https://flic.kr/s/aHsmjFN6AF" target="_blank">Clique para ver</a>

 

Em assembleia realizada na noite desta terça-feira, 12 de junho, a categoria municipária de Porto Alegre decidiu entrar em greve na segunda-feira, 18, data em que os projetos de Marchezan que atacam os direitos e a carreira dos servidores, começam a ser apreciados pelo plenário da Câmara. Também foi definida realização de nova assembleia na próxima terça-feira, 19, às 14h, na Casa do Gaúcho.

 

A assembleia também decidiu:

– Realizar reunião do comando de greve aberta, com deliberação dos Cores, na quinta-feira, dia 14, às 18h, no Simpa;

 

– Realizar ato segunda-feira, dia 18, no Paço, às 9h, com almoço e, depois, caminhada até a Câmara;

 

– Realizar ato na terça-feira, dia 19, a partir das 9h, no HPS, com caminhada até o Paço.

 

A paralisação dos municipários é uma resposta da categoria à falta de respeito e de diálogo de Marchezan com o funcionalismo, contra a aprovação dos projetos – que tramitam em regime de urgência –, contra a falta de reajuste – desde o ano passado, o prefeito não concede a reposição salarial aos servidores e já sinalizou que não dará neste ano apesar de obrigatório por lei – e contra os parcelamentos salariais, inclusive do 13º.

 

No dia 6, o plenário da Câmara rejeitou, por 21 votos a 13, relatório aprovado na CCJ contrário à tramitação em regime de urgência, solicitada pelo prefeito e aceita pelo presidente da Câmara sem consulta ao plenário. Desta maneira, os projetos estarão em pauta a partir do dia 18.

 

Mais notícias

Seminário discute o papel da educação popular na resistência aos retrocessos pós-golpe

A conjuntura pós-golpe e a educação em tempos de resistência…

Simpa enfrenta mais uma tentativa de Marchezan para desmobilizar os municipários

A direção do Simpa informa à categoria municipária que, junto…

Campanha do Simpa mostra à população vereadores que estão contra a cidade e os trabalhadores

O Simpa colocou nas ruas, há poucos dias, uma campanha…