Indique o Coletivo Quilombelas para o “Prêmio Sim à Igualdade Racial 2020” – Saiba como:

QUILOMBELAS

O Coletivo Quilombelas, de professoras negras e cotistas da EMEF Senador Alberto Pasqualini, na Restinga, dedicadas à formação e intervenção nos espaços e tempo da escola com assuntos relacionados à negritude, gênero e todas as pautas trazidas pela comunidade, está concorrendo à categoria Educação e Oportunidades dentro do “Prêmio Sim à igualdade Racial 2020”. Sairão vencedores os mais indicados na Internet, com votação aberta até o dia 13 de fevereiro.

 

“Quanto mais indicações tivermos, maiores as chances de levarmos nosso trabalho de Educação Étnico Racial, baseado nos Valores Civilizatórios Afro-Brasileiros, motivando o protagonismo dos alunos e comunidade, para além de Porto Alegre”, explicam as educadoras pretas.

 

A premiação é uma iniciativa do Instituto Identidades do Brasil (ID_BR), que acontecerá no Rio de Janeiro no dia 19 de maio de 2020. Busca reconhecer os principais nomes e instituições que atuam em prol da Igualdade Racial no país. O objetivo é destacar os principais agentes de mudança que são exemplos de engajamento, comprometimento e influência nesta causa.

 

PARA INDICAR AS QUILOMBELAS, acesse o site: https://idbr.simaigualdaderacial.com.br/indicacoespremiosim2020

 

Como preencher no site:

Prêmio Sim à Igualdade Racial

Coloque o seu nome, email e Estado.

Categoria: Educação e oportunidades

Indicado: Coletivo Quilombelas

Motivo: Trabalho baseado na Educação Étnico Racial, através dos Valores Civilizatórios Afro – Brasileiros, com o protagonismo dos alunos da comunidade.

 

Leia mais:

Coletivo de professoras negras resgata autoestima de alunos e promove valorização da cultura afro-brasileira

Mais notícias