GRAVE ACIDENTE DE TRABALHO: Simpa leva apoio aos servidores do Dmae

Após o lamentável acidente que deixou gravemente ferido um servidor do Dmae, durante trabalho de solda realizado na Estação de Bombeamento de Esgoto (EBE) S2, em Ipanema, na última sexta-feira (1º/11), a direção do Simpa foi ao prédio do seu local de trabalho (GMAN), situado na Rua Livramento, no Complexo do Dmae, na Av. Princesa Izabel, para conversar com os colegas, repassando informações e orientações.

Mesmo com a possibilidade de chuva, a reunião foi realizada na calçada, diante da proibição, pelo diretor geral do Dmae, de utilização do local de trabalho. Foi reforçada a disposição do Sindicato para atender todas as dúvidas dos trabalhadores. “Também vamos pedir formalmente, que a Comissão de Saúde e Segurança do Trabalhador do Dmae intensifique a verificação de todos os locais de trabalho, para que os serviços sejam executados somente quando os trabalhadores estiverem com condições de garantia da sua integridade física. O desempenho das funções não pode colocar a vida de ninguém em risco. A cidade precisa de homens e mulheres que possam ofertar o melhor serviço, mas não a sua vida”, afirmou o diretor geral Alexandre Dias Abreu.

Para os diretores gerais, João Ezequiel e Jonas Reis, também alertaram para o descaso do governo Marchezan com os equipamentos públicos do Dmae. “Está deixando sucatear para justificar o seu projeto de privatização. É inadmissível que os trabalhadores corram risco enquanto o Dmae possui dinheiro em caixa para garantir o pleno funcionamento dos serviços à população”, alertou João Ezequiel.

“Liguem para o Simpa, denunciando quando não estiverem em condições de realizar suas funções com segurança. Se a atividade demandada pelo gestor colocar em risco a integridade física, é garantido por lei que o trabalhador possa se negar a executá-la”, afirmou Jonas Reis. “É fundamental que seja solicitada a determinação do gestor por escrito e que tudo seja registrado de forma escrita, inclusive a justificativa para que a tarefa não seja desempenhada, gerando um relatório, que poderá ser encaminhado ao Sindicato. Os trabalhadores não estão sozinhos, pode contar com o apoio do Simpa”, finalizou.

No domingo, os diretores Alexandre Dias e João Ezequiel estiveram no Hospital de Pronto Socorro de Porto Alegre (HPS), levando apoio à família do servidor, que permanece internado, com quadro clínico estável, mas ainda grave. Segundo relato dos colegas, o servidor ficou preso dentro de um dos banheiros, inalando a fumaça dispersada pelo acidente que ocorreu durante um procedimento de solda.

Mais notícias

Categoria municipária de Porto Alegre mobiliza data-base 2020 em tempos de pandemia

A reunião online do Cores Simpa, realizada no final da…

Educação discute sua mobilização: Em defesa dos direitos dos trabalhadores e das comunidades

SIMPA e ATEMPA organizam #PlenáriaDaEDUCAÇÃO (on-line), no dia 1º/6, às…

Simpa cobra do secretário de Saúde o fornecimento de EPIs, testagem para servidores e nomeação de concursados

A direção do Simpa, por meio do diretor geral, João…

AGENDA

jun
1
seg
16:00 Plenária da Educação online
Plenária da Educação online
jun 1@16:00 – 17:00
Plenária da Educação online
ATEMPA e SIMPA organizam #PlenáriaDaEDUCAÇÃO (on-line), no dia 1º/6, às 16h, para debater as condições de trabalho e formular a pauta de reivindicações específica das/os trabalhadoras/es em educação na Data-base 2020 da categoria municipária de[...]

AÇÕES JURÍDICAS

SIMPA TV

ASSISTÊNCIA JURÍDICA

COMBATE AO ASSÉDIO