Cores Fasc reforça a luta e busca diálogo com a nova gestão

Em reunião on-line do Cores Fasc realizada ontem (07/01), colegas da assistência social deliberaram o reforço na pauta de reivindicações e o encaminhamento de ofício à nova presidente da Fundação de Assistência Social e Cidadania, solicitando audiência para a reabertura do diálogo com a representação dos trabalhadores.

 

Entre os pedidos que serão defendidos, está o fim das sindicâncias contra os trabalhadores e a liberação para participação na reunião mensal do Cores Fasc.

 

Um Boletim Informativo será elaborado, para mobilizar o movimento em defesa da Fundação e das políticas públicas da assistência, compartilhando com os servidores do núcleo a situação política e o histórico de ataques promovidos pela última gestão. Entre as ações, também está em preparação, pelo Simpa e Cores Fasc, de uma campanha em defesa do Abrigo Marlene.

Mais notícias

Simpa, Cores FASC e População em Situação de Rua lançam Campanha em Defesa do Abrigo Marlene

Em 2020, o Abrigo Marlene, que faz parte da Política…

Terceirização/privatização é exploração!

Nesta semana, Porto Alegre teve mais uma demonstração de como…

Simpa lança campanha MELO NÃO PRIVATIZE O DMAE

Começou no dia 21/01 a campanha publicitária do Simpa, nas…