Assembleia suspende greve e mantém categoria em estado de greve contra ataques de Marchezan

Reunida hoje, 17/07, na Casa do Gaúcho, a categoria municipária decidiu suspender a greve a partir das 7h da manhã desta quarta-feira, 18/07, e manter o estado de greve e a mobilização contra os projetos de lei de Marchezan e em defesa da data-base.

 

Também foi definida a participação dos municipários em ato em apoio aos trabalhadores do Imesf amanhã, dia 18, a partir das 9h, na Secretaria da Saúde. Outra deliberação foi a realização de nova assembleia no dia 26 de julho, 18h, na Casa do Gaúcho.

 

Outra decisão da categoria foi apoiar o processo de impeachment de Marchezan por improbidade administrativa e crime de responsabilidade, ingressado na Câmara no dia 2 de julho, e que deverá ser apreciado após o recesso. Com isso, fica mantida e será reforçada a consigna “Fora Marchezan”, como bandeira de luta no enfrentamento ao autoritarismo do governo, que vem promovendo a divisão da cidade e o desmonte dos serviços públicos em prejuízo da população e da categoria municipária.

 

Neste sentido, a categoria deverá apoiar a instalação do processo impeachment e pressionar os vereadores para que a análise seja célere, dentro dos parâmetros legais. Além disso, a categoria definiu por buscar a criação de um amplo movimento em defesa da cidade, envolvendo servidores e diversos setores da sociedade, e exigir que a Câmara rejeite todos os projetos que atingem os servidores e os serviços públicos.

 

 

 

 

Tags: #DerrotarOsPLs #MunicipáriosEmEstadoDeGreve #DataBase2018 #ReposiçãoJá, DerrotarOsPLs, Estado de Greve, Fora Marchezan, greve

Mais notícias

SIMPA PARTICIPA DE DEBATE SOBRE A TRENSURB NA ALRS

Os diretores do Sindicato dos Municipários de Porto Alegre -…

NOTA DE PESAR

Com pesar, informamos o falecimento do colega municipário Roberto dos…

NOTA DE PESAR – falecimento do colega municipário Sérgio Neves Cesário

A direção do Simpa comunica com pesar o falecimento do…