Simpa cobra da SMS medidas preventivas no Centro de Saúde Modelo

cs-modelo

Após duas trabalhadoras do Centro de Saúde Modelo terem sido vítimas fatais por complicações geradas pela Covid-19, o Simpa fez duas visitas ao local, na quinta-feira (19/11) e nesta sexta-feira (20/11), para conversar com os colegas sobre a situação. O Sindicato enviou ofício à Secretaria Municipal de Saúde (SMS) cobrando medidas preventivas, necessárias e urgentes, para a prevenção dos servidores e repudiou a retirada pela SMS da faixa que foi afixada pelos municipários expressando o luto de todos no local.

Entre as solicitações, estão continuidade da testagem para todos servidores e o fornecimento adequado de EPIs, bem como a transferência do local da tenda de atendimento aos pacientes suspeitos de contágio pelo coronavírus. Na avaliação do Simpa, ela deve sair do pátio central e ser instalada no pátio lateral, com entrada pela Av. João Pessoa, para evitar a aglomeração dos pacientes com suspeita de coronavírus no interior do centro de saúde, causando grande risco de contágio a outros pacientes e ao conjunto das equipes daquele local de trabalho.

Durante a visita, a direção do Simpa não pode afirmar, ou mesmo descartar, que a colega vitimada Andrea Lehman foi contagiada pelo coronavírus no ambiente de trabalho, pois no registro oficial do ponto dela consta que o seu último dia de trabalho foi em 02/10/20, seguindo de licença GALA e férias. Já no ponto da outra colega vitimada, consta que, desde março, está afastada devido ao fato de ser grupo de risco.

Sobre o outro colega que também positivou naquele local, a coordenação e gerência do Centro de Saúde Modelo afirmam que ele encontra-se afastado e que todos os colegas contactantes estão sendo testados. Além disso, as mesmas afirmam que já houve testagem para mais de 100 colegas do CS Modelo, incluindo municipários e Imesf, e que todos que queiram a testagem podem fazer a solicitação que será encaminhada.

No entanto, o Simpa reforça a exigência de proteção máxima aos colegas do Centro de Saúde, tendo em vista que o colega testado teve positivo ao coronavírus. Não podemos afirmar que se trata de um surto. Porém, é necessária proteção ao conjunto das equipes e demais pacientes que estão ali para serem atendidos por outras enfermidades.

O Simpa solidariza-se com os familiares, amigos e colegas de trabalho das municipárias que foram vítimas desta pandemia.

 

Leia ofício:

Oficio Simpa 20nov

Mais notícias

SIMPA TV

AÇÕES JURÍDICAS

ASSISTÊNCIA JURÍDICA

COMBATE AO ASSÉDIO