Superlotação no PACS escancara falta de investimentos do governo na Saúde Pública

CARDS SIMPA (1)

O Pronto Atendimento Cruzeiro do Sul (PACS), passou a segunda-feira (1º/04) com superlotação e segue nesta situação. As informações são preocupantes e mais uma mostra do descaso do governo Melo com a população. O Sindicato dos Municipários de Porto Alegre (Simpa) esteve no local e comprovou a situação.

 

Desde às 7h da manhã desta segunda já haviam relatos da superlotação, por volta das 18 horas ainda havia 80 pessoas aguardando consulta clínica ou classificação de risco, além de 13 crianças na fila para o atendimento pediátrico. E 15 pacientes estavam na observação aguardando a liberação de leitos. A espera para os exames, segue levando em torno de 4 a 5 horas.

 

Há falta de servidores e servidoras para o PACS, o que gera cotidianamente sobrecargas de trabalho. Em momentos de superlotação como o de hoje, essa necessidade é ainda maior e, consequentemente, a sobrecarga também. Isso sem falar nas condições precárias da estrutura e do sofrimento dos pacientes pelos longos períodos de espera. Faltam inúmeros profissionais para que se adeque à demanda existente, só de técnicos de enfermagem foram solicitados, há algum tempo, para a gestão Melo a necessidade de novos 41 técnicos concursados. Somente 20 foram nomeados até o momento e não há previsão de ampliação.

 

O Plantão de Emergência em Saúde Mental (PESM) estava com 32 pacientes internados, aguardando leitos hospitalares, sendo que a lotação deste serviço é de no máximo 14 pacientes. Para toda esta demanda o serviço do PESM conta com apenas 4 técnicos de enfermagem e 1 enfermeira.

 

É urgente que se olhe para a saúde de Porto Alegre, que se invista em estruturas, nomeação de servidores/es e valorização dos profissionais, sem isso a população seguirá sofrendo pela pela falta de interesse do governo Melo em garantir um atendimento ágil.

 

Somos Municip@rios, Somos Porto Alegre!

Tags: #NomeaçãoJá, #SaúdeNãoÉMercadoria, #SimpaSindicato, #TerceirizaçãoNão, municipários, poa, Porto alegre, Saúde, serviçopúblico, Servidores, simpa, sindicato

Mais notícias